Eu sinto

Por Joyce Eliza em 23 de novembro, 2016

A delícia do sentir
As vezes tão leve que quase sou brisa.
Me sinto,
Me transbordo do que sou,
Me preencho do amor
e que em em tudo está,
Satisfação no pleno ser
na consciência da paz
tranquila.
O cintilar ao meu redor, na magia
na luz que brilho
O clarão do meu ser
eu sinto o que sou
e a plenitude do amor, da paz, do brilho
eu sinto.

*créditos da pintura: “the last leaf” – Mermaids by Victor Nizovtsev

Deixe seu comentário